Português Italian English Spanish

Eucalipto - O deserto verde que ameaça a vida do povo tradicional do campo

Eucalipto - O deserto verde que ameaça a vida do povo tradicional do campo


por- Dilton Pinha 29 de Junho de 2022

São Mateus-  A expressão usada para denominar a monocultura de eucalipto não poderia ser mais adequada: deserto verde. Isso porque entre os mais variados e agravados impactos socioambientais dessa prática, está o rápido desaparecimento de fontes de água nas regiões de plantio. Brasil afora, os pequenos agricultores vem travando grandes batalhas contra a ação predatória das empresas de celulose, responsáveis pela monocultura.

A situação no estado do Espírito Santo se destaca pela quantidade de conflitos gerados pela expansão da empresa Suzano Papel e Celulose, que chegou na região a decadas. Na ocasião da assinatura do decreto que autorizava a instalação da empresa no estado, seus dirigentes destacavam as vantagens de operar na região: a grande oferta de mão de obra, terras próprias para a agricultura e água em abundância. Menos de dez anos depois do começo das operações, a agricultura familiar da região sofre com a falta d’água e com a drástica redução da mata nativa do cerrado, provocada por desmatamentos de áreas de até 15 mil hectares. E no que se refere à tão esperada geração de empregos deu lugar à terceirização e mecanização de atividades.

“A região está sendo destruída por essa prática, acabando com a flora, com as frutas do cerrado, e claro, a vida de toda a população”.

Em outubro de 2016, a Justiça Federal decidiu acatar um pedido do Ministério Público Federal para proibir novos cultivos de eucalipto na região do norte, sob pena de multa diária de 50 mil reais. A ação movida pelo MPF contra a empresa Suzano, o Estado do Espírito Santo e o Ibama, atendeu ao reclamo de cerca de 63 famílias que luta há anos para proteger cerca de 1.665 hectares de cerrado nativo, onde a monocultura do eucalipto ainda não chegou. A denúncia foi baseada em um estudo elaborado por pesquisadores da Universidade Federal do Espirito Sanri no qual são feitos apontamentos sobre os graves impactos da produção de eucalipto ao ambiente e às formas de vida das comunidades locais, provocados pelos grandes empreendimentos de plantio de eucalipto na região. 

 

QUEM SOMOS?

O Portal Boca no Trombone foi fundado no ano de 2001, na cidade de São Mateus, norte do Estado do Espírito Santo, com a intenção de passar notícias a população dos principais Municípios do Estado e do Brasil sempre com a verdade. Atualmente somos um dos portais mais populares na internet, não apenas em São Mateus/ES, mais em todo o território Capixaba, além de Estados como: Minas Gerais, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, entre outros.

Boca no Trombone é um portal forte em Utilidade Pública, com mais de 200 mil seguidores a serviço da população do norte Capixaba, do Espírito Santo e mais de 100 cidades espalhadas pelo Brasil!

Portal Boca no Trombone, um grupo de notícias que nasceu para comunicar a você tudo que acontece no Brasil e no mundo, norte e noroeste do Estado do Espírito Santo, sempre com a verdade, doa a quem doer.

Além de nosso site, temos um grupo de páginas no Facebook totalizando mais de 700 mil seguidores espalhados por todo Brasil e no exterior, mais de 50 grupos de WhatsApp e colaboradores de notícias.

Nosso portal também e um veículo de entretenimento, no qual apresentamos os melhores lugares para o turismo e lazer.

Continue conosco e compartilhe essa ideia.

Saiba por que anunciar conosco clicando aqui [+].

Enquete no ar com a seguinte pergunta: “Se as Eleições fossem hoje, em quem você votaria para Deputado(a) Estadual?

Voto computado com sucesso!
Enquete no ar com a seguinte pergunta: “Se as Eleições fossem hoje, em quem você votaria para Deputado(a) Estadual?
Total de votos:
Berg (Francyberg Motta)
Carlinhos Lírio
Claudete do Mateusão
Enéias Zanelato
Fabrício Buzetti
Ferreira Júnior
Maurício de Jesus
Paulo Gama (Abavam)
Rodrigo Cozivip
Nenhum deles